Leitura da Alma



“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.”


Bezerra de Menezes




sábado, 23 de setembro de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE!

   No próximo dia 28/09/2017, a partir das 08h acontecerá um debate ao vivo no programa CAMPOS EM FOCO  da rádio Educativa FM. O tema do debate será a segurança pública e a Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes. Participarão do debate os convidados  Vereador Genásio, Presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes e o Inspetor Regional Elvis de Jesus da GM de São José dos Campos - SP, que irá trazer os pontos positivos da sua Guarda Municipal  atuando em parceria com as outras forças de segurança na cidade de São José dos Campos. 

 A  AGCMCG pede a atenção e a participação da população campista durante esse debate, pois a realidade é que infelizmente os dados oficiais demonstram que a cidade de Campos está entre as mais violentas do país e diante da crise que assola o governo estadual,  as forças de segurança do estado não estão correspondendo as demandas que a criminalidade impõe. Sendo assim,  o Poder Executivo Municipal e a Câmara de Vereadores, diante dessa triste realidade, estão somando forças para encontrar soluções no âmbito municipal com o objetivo de diminuir inuir os altos índices de violência e proporcionar uma maior sensação de segurança aos nossos munícipes.

Paticipem! 






quinta-feira, 31 de agosto de 2017

ELEIÇÕES AGCMCG (2017 - 2020)

       Viemos por meio deste, agradecer a confiança depositada pelos associados que através do seu voto elegeu a Chapa 1 para mais um mandato. Estamos cientes da nossa responsabilidade e prometemos o empenho e dedicação que precisamos para superar os obstáculos que são muitos, mas que com perseverança e principalmente, fé em Deus, esperamos alcançar as conquistas necessárias para o fortalecimento e bem estar da nossa categoria. Portanto pedimos o apoio dos companheiros, Guardas Civis Municipais de Campos dos Goytacazes para somar esforços através uma participação mais ativa dos senhores, pois o fortalecimento da nossa categoria se dará única e exclusivamente pela união de todos. Lembrem-se: "Juntos sempre seremos mais fortes"

     Chapa 1: Presidente GCM Andrews, Vice Presidente GCM Heleno, 1° Secretário GCM Paulo Victor, 2º Secretário GCM  Hodiney, 1º Tesoureiro GCM Ornellas, 2º Tesoureiro GCM P. Gonçalves, Diretor de Relações Públicas GCM Cherr, Conselho Fiscal GCM C. Manhães, Conselho Fiscal GCM T. Neto, Conselho Fiscal GCM Figueira, Conselho Fiscal Suplente GCM Élia Pita, Conselho Fiscal Suplente GCM Lisboa, Conselho Fiscal Suplente GCM Rodolfo.

     Que Deus nos abençoe!


segunda-feira, 31 de julho de 2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL DA AGCMCG/RJ – ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ
CNPJ 07.736.451/0001-30

O presidente da AGCMCG/RJ, MARLON ANDREWS DA SILVA, com base no art. 42 do Estatuto da AGCMCG/RJ, no uso de suas atribuições estatutárias convoca os associados para participarem da eleição que definirá a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal para o Triênio 2017-2020, conforme as normas previstas no Estatuto e o disposto no presente edital.

Art. 1º O processo eleitoral ocorrerá no dia 31 de Agosto de 2017, no Prédio da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes, situado na Av. José Alves de Azevedo, 256 – Centro, das 08h às 17h00minh.

Art. 2º Com base no art. 18 inciso VIII e no art. 44 do Estatuto da AGCMCG/RJ fica constituída a Comissão Eleitoral que será a responsável pela realização do pleito, com os seguintes membros:

I – Presidente: Flávia Cardoso da Cunha;
II – Vice-presidente: Clóvis da Silva Waldemiro.

Art. 3º A forma de eleição, da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, consistirá na apresentação de requerimento de inscrição da chapa e cópia de documentos, de acordo com art. 45 do Estatuto da AGCMCG/RJ.

Art. 4º As inscrições das chapas concorrentes à Diretoria Executiva e Conselho Fiscal deverão ser feitas mediante expediente dirigido à Presidente da Comissão Eleitoral mediante protocolo na Av. José Alves de Azevedo, 256 – Centro, do dia 31 de julho até o dia 04 de agosto de 2017, de 08h às 16h.

Art. 5º As chapas serão compostas pelos seguintes cargos na Diretoria e Conselho Fiscal: PRESIDENTE, VICE-PRESIDENTE, PRIMEIRO SECRETÁRIO, SEGUNDO SECRETÁRIO, PRIMEIRO TESOUREIRO, SEGUNDO TESOUREIRO, DIRETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS, TRÊS CONSELHEIROS FISCAIS EFETIVOS E TRÊS CONSELHEIROS FISCAIS SUPLENTES.

Art. 6º É responsabilidade do “encabeçador” da chapa, encaminhar o requerimento para cadastro de chapa devidamente assinado pelos componentes, aos cuidados da Presidente da Comissão Eleitoral.

§ 1º Só será aceita a inscrição de chapa completa.

§ 2º As chapas aptas para eleição serão divulgadas no dia 07 de Agosto de 2017.

§ 3º Podem compor as chapas de candidatos, da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, todos os associados que se enquadrem nas condições previstas no Estatuto da Associação, desde que em pleno gozo de seus direitos estatutários e legais diante das legislações vigentes. Sendo que cada candidato somente poderá participar de uma única chapa.

Art. 7º A eleição será feita por voto universal, direto e secreto, somente podendo exercer essa prerrogativa o Associado no gozo de seus direitos estatutários.

Parágrafo único. No caso de chapa única, poderá ser definido pela Comissão Eleitoral que a cédula apresentará apenas uma alternativa.

Art. 8º Casos omissos nesse edital serão analisados e decididos pela Comissão Eleitoral, tendo como base o Estatuto da AGCMCG/RJ e normas legais vigentes.

Campos dos Goytacazes, 28 de Julho de 2017.

Presidente

MARLON ANDREWS DA SILVA

terça-feira, 20 de junho de 2017

ASSEMBLEIA GERAL 

    A AGCMCG convoca todos os seus associados a estarem participando da assembleia a ser realizada no dia 22 de junho na Fundação Municipal de Esportes, situado na Rua dos Goytacazes, nº 499, Turf-Club. A 1ª chamada será feita às 18h, 2ª chamada às 18h15min e 3ª chamada às 18h30min. Pauta: prestação de contas do exercício de 2016. Participem!


sexta-feira, 9 de junho de 2017

PARA QUESTIONARMOS

Secretaria de Defesa e Paz Social gerindo a Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes?

Lei Federal 13.022/14 (ESTATUTO GERAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS).

Art. 6º
Parágrafo único. A Guarda Municipal é subordinada ao chefe do Poder Executivo municipal.

Até quando?????????????


quinta-feira, 8 de junho de 2017

Aos associados da AGCMCG fazemos a seguinte pergunta:

   Diante de tantas notícias falaciosas sobre a nossa categoria subordinado a atual gestão municipal, o que pensar sobre o futuro da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes junto ao Poder Executivo?

   A pergunta caros companheiros está baseada nas informações e notícias oriundas de dentro da própria administração do governo que deveria ter um mínimo de imparcialidade ao publicar tais informações.

   A Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes é uma instituição de atividade estritamente policial em acordo a Lei Federal 13.022/14, "VALE DESTACAR, AINDA NÃO FOI CUMPRIDA" voltado para a proteção da população, bens serviços e instalações do município, fiscalização do trânsito, fiscalização do meio ambiente, entre outros. Vale lembrar que a GCMCG atua diuturnamente no município com a maior extensão territorial do estado do Rio de Janeiro, contando com um efetivo reduzido, atendendo mais de duzentos e cinquenta próprios municipais, além de atuar na fiscalização do trânsito, do meio ambiente, eventos organizados pela prefeitura, agentes cedidos a outras secretarias, à polícia civil, à polícia federal, Tribunal Regional Eleitoral entre outros. Lembrando ainda que não é realizado concurso público para a instituição desde 2005.

   Companheiros em 19 anos de existência, nós da AGCMCG e também servidores da GCMCG sempre solícitos a cumprir o nosso dever maior que é o de SERVIR A POPULAÇÃO, vimos por meio deste, demonstrar a nossa indignação perante tais informações parciais que estão sendo veiculadas nos órgãos de imprensa pela administração municipal. Porquê não divulgaram por exemplo, que houve uma economia de milhões de reais para os cofres do município com a saída das empresas de segurança no início de 2015 até os dias de hoje com a substituição pelos GCM`s para conter despesas.

   Lembramos que os mesmos postos municipais citados estão sendo ocupados aos poucos por RPAs que outrora onerava os cofres do município na gestão passada. Então cadê a coerência em falar de economia para o município?

   Para cobrir essa deficiência de efetivo os servidores da GCMCG, trabalham sim, com regime de horas extras para não deixar deficiente o serviço prestado e a maioria dos nossos companheiros dedicaram e dedicam a maior parte do seu tempo em prol da Guarda Civil Municipal. Assim sendo estamos aqui a disposição para informar a verdade que foi omitida.

   Esses números realmente batem? A administração do governo passado diante da crise, informou a época que com a saída das empresas terceirizadas de vigilância, eram gastos em torno de R$ 7.000.000,00 (sete milhões de reais) mensais e que, com a substituição pelos servidores da GCMCG ocupando esses postos, o município passou a gastar em torno R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) mensais com horas extras, logo percebemos que houve uma economia de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) mês, ou seja, R$ 60.000.000,00 (sessenta milhões de reais) ao ano.

   Gasto com RPAs, economia para o município? No caso do servidor terceirizado que está sendo utilizado na vigilância dos próprios municipais, o mesmo está devidamente empregado em uma empresa de vigilância? Este servidor está com a sua ATA de vigilância devidamente regularizada? Se é que possui tal documento. A polícia federal, órgão responsável por fiscalizar este serviço, está realmente fazendo tal fiscalização?

   Ao invés de estarem debatendo o quanto está sendo gasto com os servidores da GCMCG, o porquê não estamos debatendo a falta de estrutura da instituição com viaturas em estado precário, emplacamento atrasado, falta de materiais básicos para a administração do serviço diário, falta de material de vestuário e quem perde com isso é a população do nosso município.

   
   Por hora caros amigos deixamos esse texto para reflexão e dizer que é hora de unirmos forças diante de tantos desmandos e principalmente de desrespeito por parte do poder público.

Lembrem-se: Juntos sempre seremos mais fortes!

Que Deus nos abençoe!





quarta-feira, 19 de abril de 2017

HOMENAGEM DA AGCMCG!

    A diretoria da AGCMCG vem a público parabenizar o GCM Humberto Cândido que ontem, em um ato heróico impediu que um elemento armado com uma faca desferisse golpes contra o também companheiro da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes, GCM Barros, agente de trânsito que estava no seu local trabalho exercendo a sua função de controle do trânsito e o principal, o de proteção da população da nossa cidade, mesmo sem os meios necessários para tal. O elemento que, segundo informações trabalha como taxista prestou depoimento e o caso foi registrado na 134º DP como tentativa de homicídio. Parabéns GCM Cândido! Nós da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes temos muito orgulho de ter você como nosso companheiro! Que Deus te abençoe!



COMUNICADO IMPORTANTE DA AGCMCG!
    A diretoria da AGCMCG esteve reunido ontem com o secretário municipal de Gestão Pública, Srº André Luiz Gomes de Oliveira para tratarmos de questões referentes a categoria. Na ocasião solicitamos junto ao secretário, a correção da diferença no salário base da categoria e incluir a Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes no nível de X de vencimento do plano de cargos e salários (Lei Municipal 7.346/02). O secretário recebeu essa informação e ficou de analisar o caso para poder nos dar uma informação oficial.
    Solicitamos ainda ao secretário a correção da progressão das letras que atingem as setes turmas existentes na GCMCG e também os antigos servidores da instituição. O secretário nos respondeu que quanto a essa questão, a prefeitura pretende regularizar ainda no mês de maio a correção da progressão, mas ressaltando que essa progressão será feita a cada dois anos levando em conta a data da sanção da lei municipal 8.644/15, que altera o artigo 22 da lei municipal 7.346, ou seja, dia 30 de abril de 2015 e não a data da posse de cada turma da GCMCG aqui referida e isso, segundo o próprio secretário está previsto na lei sancionado pelo governo anterior. Esperamos ter uma resposta positiva do atual governo nas próximas semanas e ainda dentro dos próximos dias esperamos ser atendidos pela procuradoria do município de Campos dos Goytacazes para darmos prosseguimento a adequação da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes à Lei Federal 13.022/14 (ESTATUTO GERAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS).
Lembrem-se: "Juntos sempre seremos mais fortes"!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE DA AGCMCG!

    A diretoria da AGCMCG informa aos seus associados que, estivemos hoje pela manhã na sede da prefeitura municipal de Campos dos Goytacazes, afim de reforçarmos o pedido de reunião com  o procurador geral do município e o secretário de gestão pública para tratarmos da diferença salarial dos Guardas Municipais que ainda perdura e que precisa ser equiparado ao nível de escolaridade (ENSINO MÉDIO), a implantação da nossa lei federal 13.022/14 e a progressão das letras que afetam as sete turmas existentes na nossa instituição. A informação passada pelos funcionários do protocolo geral para nós da diretoria da AGCMCG, é que em relação as letras, tudo será corrigido no mês de maio desse ano, já em relação a correção salarial da nossa categoria retornaremos na próxima segunda-feira pela manhã, com o objetivo de sermos atendido pelo secretário de gestão pública e o com o procurador geral do município para darmos continuidade a discussão sobre a adequação da GCMCG a lei federal 13.022/14. Sabemos das dificuldades da nossa categoria que precisamos superar, mas essa diretoria assumiu o compromisso desde a sua posse em 2014 de lutar incessantemente pelos nossos direitos, mas nem só de vitórias vivemos e por isso perseverar sempre foi a nossa característica e contamos sempre com o apoio dos nossos associados que é a base da nossa força. Lembrem-se: "Juntos sempre seremos mais fortes"!


segunda-feira, 10 de abril de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE!



    Hoje pela manhã a Diretoria da AGCMCG esteve junto ao Comandante da GCM em reunião com o Vereador José Carlos e o Presidente da Câmara de Vereadores Marcão Gomes, a fim de tratarmos da Lei Municipal 8.739/17 (LEI DO REBOQUE). Ficou decidido que será formulada e apresentada uma emenda para corrigir os equívocos e, no prazo de 15 dias, esta será colocada na pauta para votação. A diretoria da AGCMCG agradece a receptividade e atenção dos Vereadores que junto a essa diretoria busca soluções que otimizem o serviço prestado pela Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes para a população da nossa cidade. Agradecemos, também, ao Comando da GCM que tem sido um importante parceiro no diálogo para solução das demandas de nossa categoria.

att,

Diretoria da AGCMCG.

sexta-feira, 31 de março de 2017

JONES MOURA ÍNTEGRA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ PARA A IMPLANTAÇÃO DA LEI FEDERAL 13.022/14 NO ESTADO

Publicado por Rafaella em 28/03/2017

    Guardas Municipais de várias cidades do Estado lotaram, nesta terça-feira, a audiência pública da Comissão da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que discute a implantação da Lei 13.022/2014 em todos os municípios fluminenses. Ao lado dos deputados estaduais Bruno Dauaire (PR) e Marcia Jeovani (DEM), presidente e membro da Comissão, respectivamente, o vereador Jones Moura destacou que as prefeituras precisam ter responsabilidade e cumprir a lei, conhecida como o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

    Dados do relatório da Frente Pró GMs do Estado do RJ, apresentados pelo GM Marlon Andrews, presidente da Associação dos Guardas Municipais de Campos dos Goytacazes, mostram a situação preocupante da esmagadora maioria dos municípios no que tange à participação das prefeituras na Segurança Pública. Apenas duas das 80 cidades do Estado que possuem Guarda Municipal cumprem a lei 13.022 em relação ao armamento: Barra Mansa e Volta Redonda. O Estado do Rio representa, percentualmente, hoje, o maior com Guardas Municipais constituídas. Isso é um dado muito importante para mostrar como que o Estado tem um percentual grande de uma instituição que deveria fazer a segurança pública local e como podemos avançar nisso – salientou Andrews.

    Um questionário elaborado pela Frente, cujos resultados também integram o relatório, revelou outros pontos do Estatuto que não são cumpridos, como plano de carreira, corregedoria e ouvidoria, comando exercido por servidor de carreira, uso de colete de proteção balística, entre outros. Alguns dos GMs presentes fizeram suas considerações a respeito do quadro existente em suas cidades e em todo o estado.

– Precisamos de ações efetivas. Que continuamos com a nossa postura firme e série. Tem guardas que ainda não vestiram a camisa – pontuou o GM Fiuza, comandante da Guarda de Guapimirim.

– O munícipe entende que a segurança estadual está falida e a única esperança que ele tem é na Guarda Civil Municipal – afirmou o GCM André Soares, de Saquarema.

Jones foi categórico quanto à gravidade do cenário, tanto para o população, que está desprotegida por só poder contar com a Polícia Militar no Estado, quanto para os GMs, que trabalham em condições adversas e aquém da mínima qualidade prevista pela legislação:

– Nós estamos acompanhando o declínio como vem se comportando a Segurança Pública estadual: as dificuldades, carências, falta de recursos do Estado. E também a falta de responsabilidade, que fez com que a Segurança Pública do Estado estivesse como está hoje. Não é mais possível aceitar que os prefeitos de todas as cidades continuem minimizando, diminuindo, colocando os guardas municipais na condição de meros expectadores da Segurança Pública nas cidades. Nós somos um órgão que precisa atuar para proteger o cidadão.

    Ao final da audiência, o deputado Bruno Dauaire anunciou que vai levar o relatório ao Procurador Geral do Estado, para que ele possa, através dos promotores que trabalham nos municípios, informá-los sobre o descumprimento do Estatuto.

– Na sua falta de aplicação, o gestor, o prefeito pode incorrer em ato de improbidade administrativa. Não existe jeitinho. A lei é clara e precisa ser cumprida – afirmou o deputado. Além disso, o vereador Jones Moura vai marcar uma reunião com o Ministro da Justiça Osmar Serraglio, para discutir uma intervenção da pasta quanto ao descumprimento da lei por parte dos prefeitos. Dauaire e Jones também vão elaborar, juntos, uma minuta para o projeto de lei estadual que visará à indicação de Guardas Municipais como membros permanentes das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs).

    Estiveram presentes na audiência guardas municipais de diversas cidades, como Valença, Guapimirim, Rio das Ostras, Duque de Caxias, Saquarema, Campos dos Goytacazes, Arraial do Cabo, Cambuci, Itaperuna, entre outras.

Para assistir ao discurso completo do vereador Jones Moura na audiência pública, clique aqui.

© 2017 Jones Moura. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SevenWeb Host


ASSEMBLEIA GERAL

    A diretoria da AGCMCG convoca todos os seus associados a estarem participando da Assembleia geral a ser realizada no dia 04 de abril de 2017, na Fundação Municipal dos Esportes, situado na rua dos Goytacazes, nº 499, Turf-Club. Pauta: Questões referentes a AGCMCG e a categoria. A 1ª chamada será feita as 19h, 2ª chamada: 19h30min e 3ª chamada: 20h. Participem!

quinta-feira, 23 de março de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE!

    A diretoria da AGCMCG esteve reunido hoje  na Câmara de Vereadores com o Vereador Jorginho Virgílio. Na ocasião discutimos de maneira técnica, questões referentes a Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes e o seu papel no campo da Segurança Pública. O Vereador demonstrou total interesse na questão, haja vista, o crescimento desenfreado dos índices de violência na nossa cidade e o quanto a população clama por melhorias nesse âmbito. O Vereador nos informou que juntamente com a sua assessoria jurídica estudará as questões envolvendo a categoria e verá, dentro da possibilidade alguma forma de estar ajudando a Guarda Civil Municipal

de Campos dos Goytacazes. Essa foi a primeira de uma série de 25 reuniões que pretendemos realizar com os vereadores do município de Campos dos Goytacazes, buscando apoio para que as demandas da nossa categoria sejam atendidas. Desde já, agradecemos a receptividade e atenção do Vereador Jorginho Virgílio!

quinta-feira, 16 de março de 2017

COMUNICADO IMPORTANTE!

    Estivemos em reunião ontem a noite com o Vereador José Carlos, a fim de tratarmos da inconstitucionalidade da Lei Municipal 8.739/17, (LEI DO REBOQUE). Na ocasião explicamos ao Excelentíssimo Vereador com base na CF/88 e também no CTB, que a Lei em questão gera uma insegurança jurídica tanto para o município, quanto para o agente da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes. O nobre edil que sempre se mostrou a favor da GCM de Campos dos Goytacazes, entendeu os nossos argumentos e firmou o compromisso com essa diretoria de estar acionando a procuradoria da Câmara de Vereadores ainda nesta semana para rever a Lei Municipal e alterá-la para suprimir os prejuízos citados. Ficou acertado uma nova reunião na próxima segunda-feira com o Vereador para finalizarmos a solução desse imbróglio.

        A diretoria da AGCMCG agradece a receptividade e atenção do Vereador que junto a essa diretoria busca soluções que otimizem o serviço prestado pela Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes para a população da nossa cidade.



AÇÕES DE INTERESSE DA CATEGORIA

  • TJRJ Nº 0036995-53.2009.8.19.0014
  • TJRJ Nº 0022387-16.2010.8.19.0014
  • TJRJ Nº 0012642-12.2010.8.19.0014

Minha lista de blogs