Leitura da Alma



“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.”


Bezerra de Menezes




sexta-feira, 15 de agosto de 2014

UM DIA HISTÓRICO!

  O dia 15 de agosto de 2014 entra para a história da Guarda Civil Municipal de Campos dos Goytacazes, como o dia em que o comando da GCM passa a ser ocupado por um de nossos pares desde a sua criação em 1997 que é o nosso companheiro e irmão de farda, COMANDANTE GCM WELLINGTON DE SOUZA LEVINO, portanto, nós da AGCMCG parabenizamos a nossa excelentíssima prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho pela iniciativa que vai de acordo com a nova Lei Federal 13022/14 (ESTATUTO GERAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS), em indicar o GCM Levino para o comando da GCM de Campos dos Goytacazes. Esperamos muito mais conquistas em parceria com os poderes Executivos e Legislativos pensando sempre em melhor servir os nossos munícipes, através de uma GCM bem estruturada com a implantação do nosso plano de carreira e capacitação contínua dos nossos agentes, bem aparelhada com a aquisição de novas viaturas e equipamentos, etc. Finalizamos essa homenagem, agradecendo em especial à uma pessoa que desde o momento que abraçou a nossa causa, sempre se empenhou ao máximo e não esmoreceu um minuto sequer em favor dos Guardas Municipais de Campos dos Goytacazes, pessoa essa que nós da AGCMCG, sempre tivemos muito respeito pela sua demonstração de caráter, da sua sinceridade e determinação por um ideal. E é por conta desse sonho que se tornou realidade hoje, que nós Guardas Civis Municipais de Campos dos Goytacazes dizemos ao nosso amigo: muito obrigado VEREADOR GENÁSIO por ter sido parte importantíssima desse nosso sonho que se tornou realidade. Lembrem-se com DEUS no comando, nada é impossível.




quinta-feira, 5 de junho de 2014

video
video
video

video
video

video
video

video
video

quarta-feira, 4 de junho de 2014

CCJ aprova poder de polícia para guardas municipais


As guardas municipais poderão ter poder de polícia, com a incumbência de proteger tanto o patrimônio como a vida. A medida é prevista em projeto (PLC 39/2014) aprovado  nesta quarta-feira (4) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A relatora, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), apresentou relatório favorável à proposição e contrário a quatro emendas apresentadas pelo senador Cidinho Santos (PR-MT).
De autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), o projeto - que agora será votado pelo Plenário do Senado - cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais, regulamentando dispositivo da Constituição (§ 8º, art. 144) que prevê a criação de guardas municipais para a proteção de bens, serviços e instalações.
Além de prevenir, inibir e coibir infrações contra esses bens e instalações, a guarda municipal deverá colaborar com os órgãos de segurança pública em ações conjuntas e contribuir para a pacificação de conflitos. Mediante convênio com órgãos de trânsito estadual ou municipal, poderá fiscalizar o trânsito e expedir multas.
Outra competência é encaminhar ao delegado de polícia, diante de flagrante delito, o autor da infração, preservando o local do crime. A guarda municipal poderá também auxiliar na segurança de grandes eventos e atuar na proteção de autoridades. Ações preventivas na segurança escolar também poderão ser exercidas por essa corporação.
Compartilhamento
O projeto prevê, ainda, a possibilidade de municípios limítrofes constituírem consórcio público para utilizar, reciprocamente, os serviços da guarda municipal de maneira compartilhada.
Esse consórcio poderá ficar encarregado também da capacitação dos integrantes da guarda municipal compartilhada. Todos os guardas deverão passar por esse tipo de capacitação, com matriz curricular compatível com a atividade.
O projeto atribui ao integrante da guarda municipal porte de arma e o direito à estruturação em carreira única, com progressão funcional. Deverá utilizar uniformes e equipamentos padronizados, mas sua estrutura hierárquica não poderá ter denominação idêntica à das forças militares.
Durante a discussão, os senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Roberto Requião (PMDB-PR), Alvaro Dias (PSDB-PR) e Lúcia Vânia (PSDB-GO) destacaram a importância das guardas municipais para a segurança nas cidades.
Embora também tenha reconhecido "o papel relevante" das guardas municipais, o senador Pedro Taques (PDT-MT) levantou dúvidas sobre a constitucionalidade dos artigos 9, 10, 15 e 17 do projeto. Os três primeiros, por estabelecerem regras para provimento de cargos por parte do município, o que poderia ferir a autonomia desse ente federativo. O artigo 17, por atribuir obrigação a uma agência reguladora, a Anatel, quanto à destinação de linha telefônica de número 153 e faixa exclusiva de frequência de rádio aos municípios que possuam guarda municipal.

Fonte - Senado


Boa notícia para as Guardas Municipais de todo o Brasil! Na manhã desta quarta-feira (4) foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado o PLC 39/2014, que prevê que as guardas municipais poderão ter poder de polícia, com a incumbência de proteger tanto o patrimônio como a vida. A relatora, senadora Gleisi Hoffmann, apresentou relatório favorável à proposição e contrário a quatro emendas apresentadas pelo senador Cidinho Santos (PR-MT). Agora o projeto segue em regime de urgência para votação no plenário do Senado.

Fonte - Facebook do GCM Levino
 


quarta-feira, 28 de maio de 2014

Sem acordo, greve dos vigilantes continua

O Sindicato Patronal continua irredutível em sua proposta, não acatando a pauta de reivindicações dos vigilantes

Os vigilantes mantém a greve que fechou os bancos de Campos e de outros municípios do Estado do Rio de Janeiro. Com o objetivo de acabar com o impasse que se estende por 35 dias, foi realizado nesta quinta-feira (28 de maio), no Tribunal Regional do Trabalho, uma audiência de conciliação entre os Sindicatos dos Vigilantes do Estado do Rio de Janeiro e o sindicato das empresas, mas os empresários continuam irredutíveis em suas propostas, não acatando a pauta de reivindicações dos vigilantes.
 
A categoria reivindica reajuste salarial de 10%, tíquete-refeição de R$ 20,00, jornada de trabalho de 44 horas semanais, redução do desconto do tíquete de 20% para 5% e plano de saúde para os seguranças e seus dependentes.
 
A desembargadora Maria das Graças Paranhos, vice-presidente do TRT, enfatizou que a proposta dos trabalhadores não é absurda, muito pelo contrário. “Estou acompanhando a greve de vocês pela imprensa desde o início. As reivindicações são justas e a categoria está de parabéns por não ter acontecido nada de mais grave com a sociedade”, afirmou a desembargadora.
 
Acompanhando o pensamento da desembargadora, a representante do Ministério Público do Trabalho, Dra Débora Felix, defendeu o índice de 10% de aumento salarial e o aumento do tíquete refeição e alertou que o setor patronal deveria fazer um esforço maior para conceder estes índices, pondo assim fim à greve.
 
Bem enfática nas suas palavras, a desembargadora orientou o Sindicato Patronal a não descontar e não punir os vigilantes que estão em greve. Somente a decisão do colegiado do Tribunal tem competência para autorizar o desconto. As empresas, portanto, estão impedidas de descontar os dias parados. O Ministério Público do Trabalho já havia expedido a mesma recomendação às empresas de segurança e vigilância no dia 22 de maio.
 
Na última terça-feira (27 de maio), foi instaurado o dissídio de greve no TRT e até que seja distribuído ao relator do Tribunal e julgado pelo colegiado composto por 12 desembargadores, a categoria permanece em greve respeitando a liminar da desembargadora Ângela Florêncio, mantendo o mínimo de um vigilante por agência bancária e 40% da categoria trabalhando.
 
Como não houve conciliação, a desembargadora abriu prazo de 48 horas para os sindicatos réus apresentarem defesa no dissídio coletivo de greve. Em seguida, o sindicato patronal terá 24 horas para se manifestar em relação à contestação, e, após isso, o Ministério Público do Trabalho (MPT) terá outras 24 horas para emitir parecer. Depois, será sorteado um desembargador relator para o processo, cujo voto será apreciado durante julgamento em data a ser definida.

Guarda de Foz do Iguaçu / PR apreende menor com 277 Kg de maconha

No final da manhã desta sexta-feira, 23 de maio de 2014, por volta das 11h:00, agentes da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, equipe em serviço no patrulhamento comunitário pela Avenida Silvio Américo Sasdelli, no Bairro Jardim Lancaster, quando avistaram um veículo GM / Astra, de placas JPC-5767, de Foz do Iguaçu, trafegando em alta velocidade em atitudes suspeitas.
Diante das suspeitas, foi realizado o acompanhamento tático, dando ordem de parada, sendo que o condutor não acatou a ordem, se evadindo em altíssima velocidade. Após perseguição por varias ruas do bairro, foi logrado êxito a abordagem na Avenida Gramado, esquina com a Avenida Garibaldi.
Após a abordagem, foi constatado que o condutor era um adolescente identificado pelas iniciais A.E.P., de 17 anos, onde também constataram que no interior do veículo havia centenas de tabletes de maconha.
Diante dos fatos, foi dado voz de apreensão ao menor, sendo encaminhado juntamente com o veículo e a droga para o DEA (Delegacia Especial do Adolescente). Na delegacia a droga foi pesada e totalizada a quantia de 277 Kg de maconha.
Fonte: http://gmfiporgmjaime.blogspot.com

Guarda Municipal Salvador / BA vai mandar 96 agentes às ruas para policiamento na Copa

A Guarda de Salvador realizará patrulhamento na Copa faz parte do Plano Integral de Operações da Prefeitura que será lançado nos próximos dias

A primeira vez que a Guarda Municipal de Salvador estará portando armas de fogo em um evento de grande porte será na Copa do Mundo, que acontece entre 12 de junho e 13 de julho. 
Dos 598 agentes que irão trabalhar no Mundial, principalmente durante os dias de jogos na capital baiana, 96 podem fazer uso das pistolas calibre 380 nas barreiras montadas ao redor da Arena Fonte Nova e em operações de outros órgãos municipais, com o objetivo de garantir a segurança de funcionários de governo e organização do evento que estiverem em atuação. 

A Guarda na Copa faz parte do Plano Integral de Operações da Prefeitura que será lançado nos próximos dias. “A GM (Guarda Municipal) vai estar armada na Copa e todas as ações partirão do Centro de Comando e Controle (CICC), no Parque Tecnológico da Bahia”, confirmou o tenente-coronel Peterson Tanan Portinho, superintendente da Guarda.

ESTREIA 

Como o Carnaval, a Copa é um evento de grande porte. Mas, só agora, será possível o emprego da arma de fogo em um evento dessa magnitude, devido a alguns fatores, conforme explica o subgerente de planejamento do órgão, Vagner Santos. 

“No Carnaval, a GM atuou principalmente no combate ao comércio informal dentro do circuito (da folia), com uma grande concentração de pessoas. Paralelo a isso, a quantidade de guardas armados que temos hoje não era suficiente para todos os postos”, conta Santos, ressaltando que os 96 oficiais armados estarão espalhados no entorno da Arena Fonte Nova.
Criada em julho de 2007, na gestão do ex-prefeito João Henrique (PSL), a Guarda Municipal só contou com efetivo nas ruas quase um ano depois. Desde então, os guardas estavam munidos apenas de armas não letais: taser (pistola de choque), cassetete e spray de pimenta. A função do órgão é garantir a proteção dos bens, serviços e instalações do poder público municipal e contribuir com a prevenção da violência contra os cidadãos. Os guardas passaram a andar armados a partir de janeiro deste ano. 

OPERAÇÃO 

Segundo Vagner Santos, a operação da Guarda na Copa começou desde o último dia 21, quando guardas municipais armados começaram a circular em pontos estratégicos da cidade como Barra, Centro Histórico, Campo Grande, Praça Irmã Dulce (Cidade Baixa). No entanto, conforme ressalta, a concentração das ações será mesmo nos dias de jogos - Espanha x Holanda, 13 de junho; Alemanha x Portugal, 16 de junho; Suíça x França, 20 de junho; Bósnia x Irã, 25 de junho; partida das oitavas-de-final, 1º de julho; jogo das quartas-de-final, 5 de julho.

APOIOS 

A cerca de um quilômetro e meio da Fonte Nova, serão montados pontos de verificação veicular (PDVs). Lá, os guardas municipais, a maioria armados, vão atuar junto com agentes da Superintendência de Trânsito (Transalvador). “Só poderão ter acesso a esse perímetro veículos autorizados pela Fifa”, explica o subgerente.

Em ações em conjunto com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), os guardas estarão nas 15 barreiras fixas montadas no entorno do estádio, no intuito de controlar o comércioinformal e a fiscalização dos produtos licenciados pela Fifa que podem ser comercializados no perímetro. Nas barreiras volantes, ou seja, montadas em horários alternados, também haverá agentes armados.

Os guardas municipais darão apoio ainda aos fiscais da Superintendência de Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) para garantir a proteção da publicidade das marcas permitidas pela Fifa.

“Na Copa das Confederações, por exemplo, tivemos que usar um caminhão dos Bombeiros para retirar uma propaganda não autorizada da sacada de um prédio. Isso chama-se marketing deemboscada. São empresas que, de alguma forma, tentam colocar a visibilidade de sua marca em local não permitido”, adverte Vagner Campos, da GM.

Em ações da Secretaria de Promoção Social e de Combate à Pobreza (Semps), a Guarda também estará munida de arma de fogo. “Vamos auxiliar na relocação de moradores de rua para albergues. Muitos deles estarão sob efeito de álcool e drogas e, por isso, acabam partindo para agressão”, prevê o subgerente, que faz uma ressalva. “Necessariamente, não significa que um guarda armado vá usar a arma, mas, sim, para inibir qualquer ação delituosa por parte do agressor”, tranquiliza.

TREINAMENTO 

Ainda de acordo com o subgerente do órgão auxiliar de segurança, não há nenhum treinamento específico dos guardas municipais para atuar na Copa. 

“Para os guardas armados, há uma tranquilidade sobre isso. São pessoas que têm experiências do uso dessa ferramenta (pistola), não na Guarda, mas em instituições anteriores”, explica, listando ainda as qualificações: “Passaram por vários cursos , entre eles, o da Academia daPolícia Militar; nos cursos de armamento e tiro defensivo, que é considerado um dos melhores do estado”. Além da arma de fogo, os guardas municipais estão munidos de pistola taser, spray de pimenta (alguns com jato direcional) e cassetete.
 

Bancas vazias geram tumulto no camelódromo de Campos


Ambulantes que ainda não foram beneficiados tentaram ocupar bancas desocupadas do Shopping Popular Michel Haddad, no Parque Alberto Sampaio, na tarde desta terça-feira (28), em Campos.

Segundo o presidente da associação do Shopping Popular, Frederico dos Santos, os vendedores fizeram a inscrição na Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), mas muitos ainda não foram atendidos. As 37 bancas desocupadas seriam tombadas.

Frederico e os comerciantes sugerem um sorteio aberto para a definição dos comerciantes cadastrados na Codemca que ocupariam as 37 bancas que estão vazias.

Foi marcada uma reunião com a Associação dos Vendedores Autônomos do Shopping Popular (Avasp), os representantes do movimento, o secretário Wayner Teixeira, representantes da Codemca e um representante da Postura, para decidir a questão do sorteio para definir quais os comerciantes cadastrados ocupariam as bancas que não estão sendo utilizadas.

Acessibilidade – a comerciante Maria da Conceição Felizardo Quindez, de 66 anos, reclama da questão da dificuldade de acesso ao local. “Antes de fazer esse projeto deveriam ter consultado um deficiente físico. Para um cadeirante ir ao banheiro, tem que passar por trás de todos os corredores. A minha cadeira de rodas não entra dentro da minha banca, seriam necessárias duas bancas para eu trabalhar. Quero trabalhar e não consigo”, reclamou o trabalhador.
 

Vai à promulgação PEC que cria carreira de agente de trânsito






Por unanimidade, os senadores aprovaram a Proposta de Emenda à Constituição 77/2013, que cria a carreira dos agentes de trânsito no sistema de segurança pública. O texto prevê que a segurança viária compreende educação, engenharia e fiscalização de trânsito, com o objetivo de garantir ao cidadão o direito à mobilidade urbana eficiente.
No primeiro turno de votação, foram 58 votos favoráveis e no segundo, 60. A matéria segue para promulgação.

Fonte -  http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2014/05/28/vai-a-promulgacao-pec-que-cria-carreira-de-agente-de-transito

quinta-feira, 22 de maio de 2014

HOMENAGEM DA AGCMCG AOS DEPUTADOS GAROTINHO E PAULO FEIJÓ EM BRASÍLIA!

Foto 

ONTEM NA CÂMARA DOS DEPUTADOS A AGCMCG ATRAVÉS DO SEU PRESIDENTE GCM LEVINO JUNTAMENTE COM O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS COMANDANTE (GM) RO

Fonte - AGCMCG
Ontem recebi em meu gabinete o Comandante Cabral, presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais, e representantes da categoria. Durante a reunião, destaquei e pedi que retransmitissem a todos guardas municipais do país que, como relatora do PLC 39/2014 – importante projeto que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais – meu compromisso assumido com a categoria é o de construir meu parecer a partir da experiência daqueles e daquelas que fazem a segurança nas cidades em todo o Brasil.
 
Foto de Marlon Andrews Silva.
ENCONTRO DO PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS COM A SENADORA GLEISI HOFFMANN!

ONTEM O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS, COMANDANTE (GM) ROGÉRIO CABRAL SE ENCONTROU COM A SENADORA GLEISI HOFFMANN (PT-PR) PARA TRATAR DE ASSUNTOS REFERENTES À CATEGORIA. NA OCASIÃO O PRESIDENTE DESTACOU A IMPORTÂNCIA DA APROVAÇÃO DO PLC 39/2014 QUE REGULAMENTA A ATIVIDADE DAS GUARDAS MUNICIPAIS EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL, JÁ A SENADORA DECLAROU TOTAL APOIO PELA APROVAÇÃO DO PROJETO E DESTACOU A IMPORTÂNCIA DAS GUARDAS NOS MUNICÍPIOS ONDE ELAS ESTÃO CONSTITUÍDAS. PARABENIZAMOS O PRESIDENTE DO CNGM ROGÉRIO CABRAL PELA SUA INICIATIVA EM ESTAR ARTICULANDO APOIO NO SENADO PARA A APROVAÇÃO DESSE PROJETO QUE É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA REGULAMENTAR AS NOSSAS ATRIBUIÇÕES. PARTICIPARAM TAMBÉM DO ENCONTRO O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, GCM LEVINO E OS DIRETORES GCM ANDREWS E GCM TEIXEIRA NETO TAMBÉM DA AGCMCG.
 
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.

Fonte - AGCMCG

AGRADECIMENTO DA AGCMCG E DO CNGM AOS DEPUTADOS ARNALDO FARIA DE SÁ, FERNANDO FRANCISCHINI E LINCOLN PORTELA!


ONTEM NA CÂMARA DOS DEPUTADOS A AGCMCG ATRAVÉS DO SEU PRESIDENTE GCM LEVINO JUNTAMENTE COM O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS COMANDANTE GM ROGÉRIO CABRAL ESTIVERAM COM OS DEPUTADOS FEDERAIS ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP, AUTOR DO PL1332), FERNANDO FRANCISCHINI (SD-PR, RELATOR DO PL1332) E LINCOLN PORTELA (PR-MG), DEPUTADO QUE FOI UM DOS GRANDES ARTICULADORES POLÍTICOS NA CÂMARA PARA A APROVAÇÃO DO PROJETO DE LEI 1332 NA CÂMARA DOS DEPUTADOS, PARA AGRADECÊ-LOS PESSOALMENTE PELO EMPENHO EM APROVAR O NOSSO PL 1332. NA OCASIÃO TAMBÉM FORAM DISCUTIDOS FUTUROS PROJETOS DE LEI QUE VISEM DAR MAIOR AUTONOMIA E ATRIBUIÇÕES AOS MUNICÍPIOS PARA CONTRIBUIR AINDA MAIS PARA A SEGURANÇA DOS SEUS MUNÍCIPES ONDE TENHAM GUARDAS MUNICIPAIS CONSTITUÍDAS, ENTENDENDO A IMPORTÂNCIA DOS MUNICÍPIOS PARA A SEGURANÇA PÚBLICA DO NOSSO PAÍS. PARABÉNS AOS DEPUTADOS QUE SÃO VERDADEIROS VISIONÁRIOS PARA ESSA QUESTÃO TÃO DELICADA QUE É A SEGURANÇA PÚBLICA. QUE SIRVAM DE EXEMPLO PARA OS DEMAIS PARLAMENTARES.


Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.
Foto de Marlon Andrews Silva.

 
 
Fonte - AGCMCG

AÇÕES DE INTERESSE DA CATEGORIA

  • TJRJ Nº 0036995-53.2009.8.19.0014
  • TJRJ Nº 0022387-16.2010.8.19.0014
  • TJRJ Nº 0012642-12.2010.8.19.0014

Minha lista de blogs